Gaza

1.113 palestinianos mortos no total, incluindo 26 no 21.º dia do conflito

1.113 palestinianos mortos no total, incluindo 26 no 21.º dia do conflito

 

Lusa/AO Online   Internacional   29 de Jul de 2014, 10:37

Vinte e seis palestinianos foram mortos nas primeiras horas de hoje em intensos ataques lançados pelo exército israelita sobre a Faixa de Gaza, informaram os serviços de emergência palestinianos.

Entre os 26 palestinianos que morreram hoje há pelo menos nove mulheres e quatro crianças, mortas num raide aéreo em Rafah (sul) e por tiros de artilharia israelita sobre o campo de refugiados de Bureij (centro), os quais causaram um total de 11 vítimas mortais, disse o porta-voz dos serviços de emergência em Gaza, Ashraf al-Qudra.

Um total de 1.113 palestinianos morreu em Gaza desde o início da operação israelita lançada a 08 de julho, precisou Ashraf al-Qudra.

Os bombardeamentos intensificaram-se na noite de segunda-feira na Faixa de Gaza, com o exército israelita a lançar ataques sobre a cidade, incluindo sobre a televisão e rádio do Hamas.

Por volta das 19:15 (17:15 em Lisboa), Israel pediu à população das zonas próximas da cidade de Gaza para que abandonassem a zona "imediatamente”, deixando antever novos ataques.

A aviação israelita bombardeou também a casa de Ismaïl Haniyeh, dirigente do Hamas em Gaza, que está localizada no campo de refugiados de Chati (noroeste de Gaza), onde oito crianças e dois adultos morreram na segunda-feira.

Israel perdeu um total de 48 soldados, o número mais elevado desde a guerra contra o Hezbollah libanês em 2006. Entre as vítimas registadas em 21 dias de conflito há ainda três civis israelitas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.