• Miguel Portas defende maior consumo de produtos açorianos
    O cabeça-de-lista do Bloco de Esquerda (BE) às eleições europeias, Miguel Portas, defendeu esta terça-feira, nos Açores, o aumento do consumo interno de produtos regionais para “anular desvantagens” inerentes aos custos de transporte numa região ultraperiférica.
  • César atribui vitória a
    O líder do PS/Açores, Carlos César, atribuiu a vitória do partido nas eleições regionais de domingo ao “mérito da governação” socialista nas ilhas e não a qualquer ajuda de “circunstância”.
    O dirigente da Juventude Comunista Portuguesa Hugo Garrido defendeu a existência de "uma ligação entre o destaque do Bloco de Esquerda (BE) na comunicação social e a eleição" de dois deputados para o Parlamento Açoriano.
    O presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, saudou a vitória do socialista Carlos César nas eleições legislativas regionais dos Açores, mas manifestou preocupação pelo alto índice de abstenção, superior a 53 por cento.
  • Abstenção bate recorde com 53,24%
    A abstenção atingiu domingo a taxa mais alta de sempre em eleições regionais nos Açores, chegando aos 53,24 por cento, num sufrágio em que cerca de 100 mil açorianos optaram por não votar.
  • Líder do MPT/Açores anuncia suspensão das funções políticas
    O cabeça de lista do Movimento Partido da Terra (MPT) revelou a sua tristeza pelo mau resultado do partido nas Eleições Legislativas Regionais.
  • Bloco de Esquerda foi o partido que mais cresceu
    O Bloco de Esquerda congratulou-se com a eleição de dois deputados para a Assembleia Legislativa dos Açores, declarando-se como o partido que "mais cresceu nas eleições regionais" no arquipélago.
    • Contém video(s)
    O líder do PS/Açores destacou a “grande vitória” obtida este domingo nas eleições regionais, com uma maioria absoluta de 20 pontos de vantagem para os sociais-democratas e com o "pleno" nas nove ilhas.
  • BE/A recebe eleição de dois deputados
    O Bloco de Esquerda/Açores recebeu "com muita alegria e com muita responsabilidade" os resultados eleitorais, que fizeram do partido a quarta força política da região, com direito a representação no parlamento regional pela primeira vez.
  • José Ventura assume «derrota» do PDA
    O líder do Partido Democrático do Atlântico (PDA) assumiu, esta noite, a «derrota» do seu partido nas eleições legislativas dos Açores, ao não conseguir eleger nenhum deputado.
  • Jerónimo de Sousa destaca
    O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, destacou o "grande significado" da eleição de um deputado nas regionais deste domingo nos Açores, sublinhando a quebra eleitoral do partido vencedor, o PS.
  •  PCP/Açores congratula-se por regressar ao Parlamento
    O líder do PCP-Açores, Aníbal Pires, congratulou-se domingo com o regresso do partido ao parlamento regional, e desvalorizou que os comunistas tenham passado a quinta força política da região, atrás do Bloco de Esquerda.
  • Artur Lima realça maior vitória de sempre nos Açores
    O líder do CDS/PP-Açores, Artur Lima agradeceu este domingo, visivelmente emocionado, aos açorianos a maior vitória de sempre do seu partido nas eleições regionais.
    O PS ganhou as eleições na ilha de São Miguel mantendo o mesmo número de deputados (12) em relação a 2004, mas diminuiu quase seis pontos na percentagem de votos.
    O CDS-PP declarou-se este domingo como o partido que "mais cresceu na sua representação na Assembleia Legislativa nos Açores", classificando de "histórico" o resultado obtido nas eleições regionais no arquipélago.
    O PS ganhou as eleições na ilha das Flores, mas elegeu apenas um deputado, perdendo um mandato em relação a 2004.
  • Costa Neves demite-se da liderança do PSD-Açores
    O líder o PSD/Açores demitiu-se este domingo na sequência da derrota nas eleições regionais, ganhas pelos socialistas, assegurando que não sai magoado "com nada nem com ninguém".
    O Partido Socialista voltou a triunfar em Santa Maria, elegendo dois deputados contra um do PSD, mas baixou a percentagem de votos em relação a 2004.
    PS (2) e PSD (2) repartiram entre si os quatro deputados eleitos na ilha do Faial, mas os socialistas obtiveram 41,36 dos votos contra apenas 31,76 por cento alcançados pelos sociais-democratas.
    A líder do PSD, Manuela Ferreira Leite reagiu este domingo com "tristeza" à derrota dos sociais-democratas nas eleições dos Açores, e destacou como "preocupantes" e "negativos" os elevados níveis de abstenção verificados.
    Os socialistas repetiram a vitória de 2004 na ilha Terceira, conseguindo eleger o mesmo número de deputados que há quatro anos, seis.
    Resultados finais na ilha do Pico dão a vitória ao PS, que elege dois deputados, os mesmos que o PSD, repetindo-se a repartição de mandatos de há quatro anos.
  • PS ganha pela primeira vez na Ilha de São Jorge
    O PS conquistou este domingo a sua primeira vitória de sempre na Ilha de São Jorge, elegendo dois deputados, contra um do PSD e outro do CDS-PP.
  • Vitória de Carlos César
    O secretário-geral do PS, José Sócrates, considerou este domingo que a vitória de Carlos César nas eleições dos Açores "é a consagração de uma carreira política e de uma governação que orgulha todos os socialistas portugueses".
  • PPM elege Paulo Estêvão pela ilha do Corvo
    O Partido Popular Monárquico elegeu este domingo um deputado no Corvo, a ilha mais pequena dos Açores.
    O BE-Açores recebeu este domingo com alegria mas sem surpresa a projecção RTP/Antena 1 que prevê que o partido consiga eleger, pela primeira vez, um a dois deputados para a Assembleia Legislativa Regional dos Açores.
    A CDU-Açores agradeceu este domingo ao povo açoriano a confiança manifestada, comentando a sondagem realizada pela Universidade Católica para a RTP e Antena Um que indica que a coligação PCP/Verdes elegerá dois a três deputados, regressando ao parlamento regional.
    O vice-presidentedo CDS-PP/Açores, Félix Rodrigues, considerou este domingo "muito satisfatória" a projecção que atribui ao seu partido a eleição de entre entre três a cinco deputados e uma percentagem entre 7 a 9 por cento.
    O secretário-geral do PDS/Açores, Jorge Macedo, afirmou este domingo que o partido vai "aguardar serenamente" o apuramento final dos resultados eleitorais, preferindo destacar a forma "ordeira" como decorreu a votação nas ilhas.
    O PS/Açores manifestou-se “muito satisfeito” com os resultados de uma projecção que dá maioria absoluta aos socialistas açorianos nas eleições deste domingo para o Parlamento regional.
  • Projecção dá maioria absoluta ao PS
    A projecção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica para a RTP e Antena 1 indica que o PS manterá a maioria absoluta nos Açores, obtendo entre 51 a 57 por cento dos votos.
    A escassas horas de terminar o período de campanha, impõe-se a reflexão e o balanço dos contactos que se travaram nas ruas ou comícios... CDS, BE, CDU, PDA, MPT e PPM revelam ao Açoriano Online as suas expectativas...
    Costa Neves comunicou esta sexta-feira de manhã que não participa em mais actos de campanha eleitoral devido ao falecimento de Carlos Corvelo, secretário regional adjunto do vice-presidente do Governo açoriano com quem tinha laços de amizade “há cerca de 30 anos”.
    O PS/Açores cancelou toda a campanha desta sexta-feira para as eleições regionais de domingo, na sequência da morte de Carlos Corvelo, membro do Governo Regional liderado por Carlos César, anunciou fonte partidária.
    PSD, CDS-PP, CDU e BE nos Açores cancelaram toda a agenda programada para o último dia de campanha eleitoral devido à morte de Carlos Corvelo, que exercia funções de subsecretário adjunto da vice-presidente do Governo açoriano.
    Foi com  uma imagem de Nossa Senhora da Conceição que um comerciante da cidade da Ribeira Grande surpreendeu  o líder nacional do CDS-PP, Paulo Portas, naquela que foi a sua última acção de campanha em São Miguel.
    Os comunistas açorianos apresentaram ontem uma queixa crime contra a empresa EuroScut Açores pelo que dizem ser “ a reiterada remoção de propaganda política e eleitoral nas vias públicas que gere como concessionária pelo Governo Regional”.
    O Movimento Partido da Terra (MPT) vai apresentar na Assembleia da República uma projecto de resolução para que nos actos eleitorais agendados para 2009 os cegos possam votar utilizando boletins em braille.
    Os últimos discursos da campanha foram feitos ontem à noite em Ponta Delgada, hoje é dia de caravana e das últimas acções de rua. No jantar-comício de encerramento, líder do PSD reagiu a sondagem que dá maioria ao PS dizendo com satisfação que contribui para maior mobilização.
  • Incidente ensombra medida de Carlos César para as PME
    Empresários iam chegando a vias de facto na iniciativa da Câmara de Comércio e Indústria de Ponta Delgada em que o orador foi o candidato do PS/Açores. Já na RTP/Açores, César disse à saída de um debate que aceitará qualquer que seja a votação dos açorianos, mas a maioria é bem-vinda
    Foi com a "crise" que foi dado o pontapé de saída para o debate da rádio e televisão pública nos Açores...
    A distribuição desigual da riqueza produzida nos Açores voltou a ser um dos argumentos usados no debate pelo coordenador regional da CDU, Aníbal Pires, para reclamar adopção de uma dezena de medidas que o partido quer fazer valer  no parlamento e que têm na sua essência a "reposição da justiça social".
    Foi nos temas em relação directa com as condições de vida e de  trabalho  dos jovens e das mulheres dos Açores que a coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) se mostrou mais indignada e para os quais fez questão de reclamar e apresentar medidas que diz ser “essenciais e estruturantes”.
    Com um intervenção tranquila e moderada, na altura em que o tema se centrava sobre a   conjuntura económica internacional e os seus efeitos na Região, o dirigente do Partido Democrático do Atlântico (PDA), José Ventura, “bateu-se” pela criação nos Açores de uma espécie de “Observatório Económico” com vista a analisar toda a estrutura e funcionamento da economia regional.
    Na recta final do debate, o dirigente do Movimento do Partido da Terra (MPT), Manuel Moniz, nem deu espaço a hesitações na hora de falar na possibilidade de alcançar representação parlamentar, assegurando que o partido vai conseguir eleger deputados.
    Carlos Costa Neves não se conformou com a realização de um único debate pela televisão e rádio públicas, sem um frente-a-frente entre si e Carlos César, líder do PS. Na véspera, ainda na Terceira, o candidato acusou a Câmara de Angra de usar meios autárquicos para distribuir propaganda
    César almoçou ontem com milhares de pessoas no Parque Atlântico. Circulou na zona da restauração e das lojas daquela superfície comercial, sustentado que cada partido desenvolve a sua actividade como entende “mais conveniente” e “eficaz”. Na rua trabalharam outras figuras do partido
    O líder do CDS/PP-Açores manifestou-se esta terça-feira “estupefacto por só agora o presidente do Governo [Regional socialista] reconhecer que há preguiçosos no Rendimento Social de Inserção”, mas reconheceu que “mais vale tarde que nunca”.
    O MPT-Açores e o Partido Democrático do Atlântico, o único partido nacional com sede nos Açores, fizeram esta terça-feira campanha em Ponta Delgada pela conquista de um deputado no próximo domingo, embora ambos sonhem mais alto.
    O líder do PSD/Açores "namorou" à janela com as mulheres da ilha Terceira, numa acção de campanha onde reencontrou velhas amigas e obteve garantias de voto a 19 de Outubro nas eleições regionais.
    O líder do Partido Popular Monárquico-Açores (PPM-A) defendeu esta terça-feira a criação de um “santuário de pesca” na zona envolvente à ilha do Corvo, a mais pequena do arquipélago.
    Se for reeleito, o actual presidente do Governo dos Açores pretende disponibilizar mais apoio às empresas regionais e contribuir para aumentar o salário médio regional, apesar de este já ser mais alto do que o praticado no contexto nacional. Hoje, César vai estar justamente com empresários
    O líder da bancada do Bloco de Esquerda (BE) na Assembleia da República defendeu uma maior intervenção do Estado no mercado financeiro, para combater também as “desigualdades sociais” no país.
    O Partido Democrático do Atlântico (PDA) apresentou esta segunda-feira uma queixa à Comissão Nacional de Eleições, alegando que se sente prejudicado pela cobertura noticiosa relativa à campanha para as eleições regionais de domingo.
    O líder do PSD/Açores alertou esta segunda-feira para a tentativa de "sufoco" levada a cabo pelo Governo Regional socialista, argumentando que o relacionamento com instituições que prestam serviço público no arquipélago deve estar "devidamente regulamentado".
  • Serviços Municipalizados
    O líder do CDS/PP-Açores acusou a responsável dos Serviços Municipalizados de Angra do Heroísmo de ser “incompetente e sem responsabilidade, por andar a brincar com os verdadeiros motivos para a falta de água no concelho”.
  • PPM-A defende limitação de mandatos para os deputados
    O líder do Partido Popular Monárquico nos Açores (PPM-A) defendeu a limitação dos mandatos dos deputados à Assembleia Legislativa Regional, alegando que não devem ultrapassar doze anos consecutivos.
  • PCP quer mais vozes no Parlamento regional
    O líder regional do PCP-Açores, Aníbal Pires, exigiu esta terça-feira mais apoios para o comércio tradicional e para os pequenos empresários, pedindo mais vozes no parlamento regional para lá “da rosa desbotada e da laranja amarga”.
  • Costa Neves diz estar preparado para ultrapassar fasquia do PS
    Na apresentação da mandatária  para a Juventude, a campeã Sofia Pires, o candidato
    a presidente do Governo recorreu à metáfora desportiva para afirmar a convicção
    na vitória eleitoral. Em São Miguel, PSD garante que PS perdeu prova da Saúde
  • Sócrates estende a mão a César em nome da maioria absoluta
    O líder nacional do PS está de volta aos comícios nos Açores. Para assegurar que os objectivos regional e nacional do partido se concretizem. É que Sócrates tem o seu grande teste já no próximo ano. Enquanto isso, há que combater a abstenção, o grande inimigo para alcançar a maioria absoluta
  • Portas diz que Estado pode antecipar pagamentos aos agricultores
    Em plena quinta-feira de Feira Agrícola em Santana,  o candidato do CDS-PP por São Miguel, Pedro Medina e o líder nacional dos populares, Paulo Portas,  entre apertos de mão e saudações, lá foram ouvindo queixas e reivindicações dos lavradores.
  • BE quer generalizar as creches públicas
    O Bloco de Esquerda (BE) dos Açores escolheu o porto de pescas de São Mateus, na ilha Terceira, para  marcar a  importância dos problemas das mulheres e a necessidade de afirmar um conjunto de respostas que  facilitem a  participação  das mulheres  na  vida política e social.
    Classificando a visita de ontem à feira de Santana de simbólica, o primeiro candidato da CDU por São Miguel, Aníbal Pires, frisou que a Agricultura no arquipélago necessita ainda de infra-estruturas como caminhos de penetração, água e luz nas explorações agrícolas, intervenções esquecidas pelos governo regionais nos últimos quatro anos.
    O líder do CDS/PP-Açores já apresentou queixa na Esquadra da PSP em Angra do Heroísmo, contra terceiros, pelo facto dos cartazes do seu partido na ilha Terceira terem sido alvo de vandalismo.
    A agricultura foi o sector que o Partido Popular Monárquico (PPM)  deu destaque em mais um dia de campanha.
  • MPT quer prisão que obrigue reclusos a gerarem recursos
    Foi junto ao estabelecimento prisional de Ponta Delgada que o candidato do Movimento  Partido da Terra (MPT)  revelou os números que colocam os Açores no topo do ranking das regiões de Portugal com maior taxa de presos.
    • Contém video(s)
    Carlos César reivindicou em Santa Maria o mérito pelo facto da crise financeira internacional que assola o globo não ter atingido os açorianos. O PSD  voltou a ser o alvo privilegiado do líder do PS em terreno rosa. Os governos laranja “perderam” quatro mil postos de trabalho nos últimos dez anos
    Costa Neves insistiu ontem, num comício em Vila Franca do Campo, em duas mensagens para os sociais democratas: "Carlos César teme debate televisivo a dois" e "César e Sócrates são farinha do mesmo saco".
    O Bloco de Esquerda (BE) nos Açores suspendeu esta quarta-feira, por 24 horas, as suas acções de campanha eleitoral, para as regionais de 19 de Outubro, devido à morte do segundo candidato pela lista de São Miguel.
    • Contém video(s)
    A frase é de Berta Cabral que “recebeu” Costa Neves no primeiro jantar-comício em São Miguel e serviu como prato principal preocupações com a situação das famílias, empresas e contas da Região por culpa, disse o líder do PSD/Açores, de um Governo despesista que não investiu nas pessoas
  • BE
    A candidata do Bloco de Esquerda às eleições regionais açorianas de 19 de Outubro, Zuraida Soares, "exigiu" que "o novo código de trabalho de Vieira da Silva não seja aplicado aos Açores".
    O cabeça de lista da CDU/Açores às eleições regionais, Aníbal Pires, comprometeu-se "se for eleito a propor no parlamento e integração nos quadros dos cerca de 5 mil trabalhadores da administração local".
    A partir da mais pequena ilha dos Açores, o líder regional do Partido Popular Monárquico (PPM) manobra, por telefone e internet, a máquina de campanha do partido no arquipélago, que dedicou ontem o dia à Educação, numa visita à Escola Básica e Integrada Mouzinho da Silveira, um estabelecimento de ensino que comemora 10 anos, do qual o cabeça-de-lista pelo Corvo foi presidente nos últimos sete.
    Caso recupere a representação parlamentar, a Coligação Unitária Democrática (CDU) diz ter uma dezena de medidas que quer ver concretizadas a breve trecho que têm como objectivo  “repor justiça social e económica, para salvaguardar o sector público e a economia produtiva regional”.
  • Carlos César considera que votar no PSD  é
    Cumpriu-se mais um dia de campanha, com Carlos César a referir que recebeu das mãos do PSD uma "região falida". Com o líder do partido no Faial, os candidatos por São Miguel saíram à rua, enquanto a chuva o permitiu, em busca do tão desejado voto
  • PSD contraria PP e diz que o povo é que decide
     Por ruas e canadas da rural Pilar da Bretanha, a chuva atrasou mas não demoveu candidatos sociais democratas da acção de campanha, onde o discurso do CDS-PP foi apelidado de derrotista por se conformar com vitória socialista
  • Artur Lima distribui manifesto eleitoral nas ruas de Angra
    O líder do CDS-PP/Açores, Artur Lima, distribuiu esta segunda-feira o manifesto eleitoral do partido nas ruas de Angra do Heroísmo.
    O candidato do Movimento Partido da Terra (MPT) Manuel Moniz disse que a compra dos novos aviões da SATA "foi um dos maiores golpes perpetrados contra os Açores pela actual administração regional".
    O líder do PSD/Açores e candidato a presidente do Governo nas eleições regionais sentiu-se ontem um "lobo do mar", quando enfrentou condições atmosféricas adversas para chegar ao Corvo a bordo de um semi-rígido.
    O líder dos socialistas açorianos desafiou ontem o PSD/Açores a desenvolver uma campanha eleitoral sem recorrer ao “insulto e desconsideração pessoal”, alegando que “isso não é bom” para a democracia e para a política.
    O presidente do PS/Açores está disponível para participar em debates de campanha para as eleições regionais de 19 de Outubro com "todos os líderes e não apenas com um" dos partidos concorrentes, anunciou fonte partidária.
    O líder do PSD/Açores afirmou que quer “acabar” com o “olhar preconceituoso” que existe sobre a classe média açoriana, alegando que não vai beneficiar da redução de IRS terça-feira aprovada no Parlamento.
    O líder do CDS-PP defendeu a necessidade de travar os “abusos” no Rendimento Social de Inserção, alegando ser “radicalmente contra” a atribuição desta prestação social a quem não quer trabalhar.
    O Bloco de Esquerda/Açores alertou os eleitores do arquipélago que “todos os votos contam” para eleger deputados a 19 de Outubro, na sequência da criação do novo círculo regional de compensação.
    O bispo de Angra alertou que a abstenção nos actos eleitorais é “demasiado elevada nos Açores” e apelou, por isso, aos açorianos para votarem a 19 de Outubro, “exercendo uma cidadania activa responsável”.
  • César critica autarcas do PSD/A candidatos às eleições
    O líder do PS/Açores criticou a candidatura de autarcas do PSD às eleições de Outubro para a Assembleia Regional, alegando que se trata de pessoas que se “candidatam a cargos que não querem mesmo desempenhar”.
    O líder do PSD/Açores considerou que um bom resultado para os sociais-democratas passa por “ganhar as eleições” regionais de Outubro, com listas de candidatos que são uma “alternativa” à actual governação socialista.
    O presidente do Governo açoriano, Carlos César, vai deixar de participar em actos públicos a partir de 19 de Setembro, um mês antes das eleições para a Assembleia Regional, anunciou fonte do seu gabinete.
    O presidente do Partido Popular Monárquico (PPM) nos Açores anunciou que vai apresentar uma queixa à Procuradoria-Geral da República, alegando que está "a ser perseguido politicamente" pelo Governo Regional socialista e Câmara do Corvo.
    O líder do CDS/PP-Açores apelou aos eleitores da ilha Terceira para “olharem com olhos de ver” a lista candidata às eleições de 19 de Outubro, alegando que constatarão que é a “melhor alternativa” aos socialistas.
    O Governo açoriano rejeita que a distribuição de um "kit autonómico" se confunda com a candidatura do PS às eleições regionais e acusou os partidos que se queixaram à Comissão Nacional de Eleições de fazerem "críticas delirantes”.
    A CDU/Açores apresentou uma queixa à Comissão Nacional de Eleições contra o PS/Açores, acusando-o de "falta de ética" por distribuírem "kit's autonómicos", criados pelo Governo Regional (PS), a menos de dois meses das eleições.
    O Partido Popular Monárquico (PPM) defendeu a inclusão obrigatória da temática da violência doméstica nas escolas açorianas, como forma de combater um problema de âmbito nacional cuja resolução deve ser encarada como "prioritária".
    As listas de candidatos a deputados à Assembleia Legislativa Regional  (ALR) pelo PS Açores serão constituídas, em 45%, por cidadãos independentes.
    O Movimento Partido da Terra (MPT/Açores) apresentou uma queixa à Comissão Nacional de Eleições contra o PS/Açores, alegando que os socialistas estão a usar indevidamente símbolos regionais na pré-campanha para as eleições de Outubro.
    O líder do PSD/Açores prometeu estabelecer uma “ponte marítima” para transportar passageiros e viaturas entre as ilhas do Faial, Pico e São Jorge, caso vença as eleições de Outubro, com a compra de dois navios "rápidos".
    O Bloco de Esquerda nos Açores considerou que "a transparência e isenção" da Inspecção Regional do Trabalho está comprometida, por este organismo funcionar na dependência directa do Governo açoriano, uma alegada "promiscuidade que suscita dúvidas".
    José Ventura, líder do Partido Democrático do Atlântico (PDA), defende a realização de um referendo para que se apure que tipo de autonomia querem os açorianos. Diz que o objectivo de assento na Assembleia Regional é possível com o círculo de compensação
  • CDU convicta do seu regresso à Assembleia Regional em Outubro
    A CDU/Açores manifestou-se convicta que o círculo regional de compensação, previsto na nova Lei Eleitoral do arquipélago, vai permitir que os comunistas regressem à Assembleia Regional, na sequência das eleições de Outubro.
  • Partidos elegem 57 deputados a 19 de Outubro
    Cerca de 191 mil açorianos vão eleger, a 19 de Outubro, 57 deputados à Assembleia Legislativa Regional, mais cinco do que nas últimas eleições de 2004, devido à criação do novo círculo eleitoral de compensação.
    O Movimento Partido da Terra (MPT) anunciou que concorre, pela segunda vez, às eleições regionais de 19 de Outubro, com o objectivo de transformar os Açores numa "região ecológica", que “sirva de inspiração ao resto do Mundo”.
    O presidente do Governo açoriano garantiu que, a manter-se a média anual de crescimento da população empregada nas ilhas, será possível atingir a meta de "mais 18 mil açorianos" a trabalharem em 2013.
    O líder do Partido Popular Monárquico (PPM), Paulo Estêvão, defende que a política de coesão deve ser uma “política de urgência” numa entrevista com críticas à direita e à esquerda
  • Artur Lima encabeça lista pela Terceira
    O líder do CDS-PP/Açores, Artur Lima, é o primeiro candidato do partido às eleições de Outubro pelo novo círculo de compensação regional e pelo circulo da ilha Terceira, anunciou hoje o mandatário regional.
    O Partido Democrático do Atlântico (PDA), que apresenta no início de Setembro a sua lista de candidatos a deputados, concorre às eleições regionais de 19 de Outubro com o objectivo de eleger "uma voz genuína".
    O dirigente do PSD/Açores, António Ventura, acusou hoje o Governo Regional socialista de não ter cumprido as suas promessas para o desenvolvimento rural e agrícola do arquipélago.
    O cabeça-de-lista do Partido Popular Monárquico (PPM) pela ilha de São Miguel garantiu que pretende ser um representante dos agricultores açorianos, caso seja eleito para a Assembleia Regional em Outubro.
    O líder do PSD/Açores, Costa Neves, disse que encarou com toda a naturalidade a afirmação de Alberto João Jardim, que revelou não ir aos Açores participar na campanha para as eleições regionais de Outubro.