100Maiores2009

Os Açores depois da crise

 
Os Açores depois da crise Portugal chegou à situação em que está por ter assumido uma postura demasiado
agressiva de recurso aos mercados para financiar projectos e políticas públicas que
não surtiram nem surtirão efeitos reprodutivos

As TIC, Inovação e Criatividade

 
As TIC, Inovação  e Criatividade

“A internet é sem dúvida uma oportunidade a não perder, pela oferta de serviços que permite disponibilizar. Desde que sejamos criativos e utilizemos os canais adequados, podemos atingir qualquer consumidor no mundo: o mercado global está pois acessível a qualquer empresa da Região”

Desafios da economia açoriana

 
Desafios da economia  açoriana Só com uma visão de longo prazo é possível encetar medidas estruturantes que não andem a reboque de interesses duvidosos (...) Uma visão de longo prazo promove um desenvolvimento sustentável assente na responsabilidade social e na ética, na eficiente utilização de recursos (...)

Oportunidade e desafios

 
Oportunidade e desafios A nossa Região tem condições únicas para se afirmar como um dos pólos de excelência
desta nova Economia. Apesar de ser o nosso maior património geográfico, o mar continua
a ser um dos activos mais secundarizados da economia nacional

Os incentivos estão ao virar da esquina!

 
Os incentivos estão ao virar da esquina! Os fundos comunitários estão disponíveis. Para isso precisamos de projectos viáveis
e candidaturas bem suportadas, mas acima de tudo de ideias inovadoras, audazes e capazes de dotar o tecido empresarial português de uma nova e maior competitividade

"Temos que ser fortes e teimosos"

 
"Temos que ser fortes e teimosos" O sócio fundador da AçorCarnes e do Grupo Barcelos, pioneiro no comércio e promoção da “Carne dos Açores - IGP,” diz que com esta atitude e capacidade de inovar é possível enfrentar a crise

Valorizar a diversidade microbiana dos Açores

 
Valorizar a diversidade microbiana dos Açores "A chave da diversidade de oferta está na riqueza natural das ilhas e esta mais-valia económica encontra-se intrinsecamente ligada ao sector turístico, apelando sem causar hesitação para a necessidade de preservação e gestão da diversidade do Património Natural Açoriano"

Projecto Green Islands: uma ponte para o futuro

 
Projecto Green Islands: uma ponte para o futuro Para além das ilhas, a diversidade de recursos energéticos endógenos disponíveis
nos Açores transformam-no num laboratório vivo de sistemas sustentáveis de energia,
de excelência internacional

Uma alternativa natural

 
Uma alternativa natural A restauração da floresta natural dos Açores, a floresta de laurissilva, traz consigo importantes benefícios para as populações humanas, quer em termos de “serviços dos ecossistemas”, quer em termos de potencialidades para o desenvolvimento

Açores enfrentam vários desafios económicos

 
Açores enfrentam vários desafios económicos Responsáveis da agricutura, pescas, turismo, comércio e indústria falaram às “100 Maiores” dos desafios que se colocam a uma região insular, arquipelágica e ultraperiférica, e por conseguinte das alterações que devem ser introduzidas para se garantir o desenvolvimento sustentado da economia açoriana. Transportes, formação e investimento público são capitais

O Mar como oportunidade

 
O Mar como oportunidade  As ilhas dos Açores são uma pequena parte de um vasto território marítimo. “Terra que o mar não quis”.

Pós-crise e desenvolvimento

 
Pós-crise e desenvolvimento  Falar de um cenário pós-crise nesta altura turbulenta é um pouco como fazer futurologia, mas certo é que, no caso dos Açores, as opções de desenvolvimento são escassas e limitadas a 4 ou 5 eixos: agropecuária, com a fileira do leite; pescas, nomeadamente os recursos de profundidade; energia, com a geotermia; turismo, baseado nas belezas naturais e num ambiente preservado; e posição estratégica, espécie de ponto de apoio entre a Europa e a América.

Ultrapassar as contrariedades

 
Ultrapassar  as contrariedades O resultado líquido obtido pelo conjunto das “100 Maiores” atingiu 48 milhões de euros em 2009, revelando uma descida acentuada relativamente aos 62 milhões de euros que as “100 Maiores de 2008” tinham atingido, e muito mais em relação aos 87 milhões de euros de 2007

"A Colmeia" tem nova escola para melhorar o ensino

 
"A Colmeia" tem nova escola para melhorar o ensino Cooperativa de Ensino “A Colmeia” arrancou neste ano lectivo com uma nova escola que oferece do bom e do melhor aos 200 alunos do pré-escolar e do 1º ciclo que a frequentam. Empreendimento
orçado em 2,6 milhões de euros garante apoio personalizado e diversas actividades extracurriculares
Carregando o video...

Presidente do Governo apela à confiança dos empresários

Olímpia Granada / Regional / 19 de Nov de 2010, 16:36


 
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.