Em período pré-eleitoral assistimos à recorrente vaga de obras de fim de mandato, uns a correr atrás do prejuízo, outros a apresentar projetos que não realizaram, outros sem nada para apresentar, salvando-se aqui ou ali, em exceções que confirmam a regra, um ou outro autarca que cumpriu mais do que o mínimo ou que se destaca...